implantes de silicone nas mamas

Algumas Curiosidades sobre Implantes de Silicone nas Mamas

Os implantes de silicone, apesar de ser muito buscado pelas mulheres, ainda deixam algumas dúvidas, tais como a probabilidade de desenvolver câncer de mama após o procedimento, amamentação em caso de uma possível gravidez, por exemplo. Todas essas dúvidas se não forem sanadas pelo cirurgião plástico, pode acabar interferindo na decisão de aumentar os seios. Em primeiro lugar, é preciso ter o apoio de um profissional qualificado e todos os mitos e verdades que estão relacionados à implantação de próteses mamárias.

Apesar de ser grande a dúvida sobre a relação entre câncer de mama e prótese mamária, pode-se afirmar que nenhum dos estudos realizados confirmam que o produto e nem mesmo o procedimento sejam capazes de facilitar o desenvolvimento do câncer de mama no paciente.

Implante de silicone nas mamas – Curiosidades

Entre as tantas curiosidades sobre implantes de silicone nas mamas, está o tempo em que o processo de implantação do silicone líquido passou a ser usado nos implantes de seio no mercado, que teve seu início nas décadas de 1950 e 1960. Atualmente, cada método utilizado nas clínicas possuem suas vantagens e desvantagens, dependendo ainda mais da escolha, que deve ser feita junto com o médico escolhido.

implante de silicone nas mamas

implante de silicone nas mamas

No momento de escolher como será realizada a cirurgia, vários fatores devem ser levados em consideração, por exemplo, a altura da prótese depende do perfil de tórax da mulher, analisado como alto, baixo e moderado, para verificar a projeção que se pretende ter da mama. Outra questão que gera muitas dúvidas é sobre o local por onde a prótese será inserida, podendo ser sob o seio, ao redor da aréola que é indicado para quem tem aréolas grandes e pele clara, ou na axila, sob a musculatura peitoral que apesar do pós-operatório é mais dolorido a técnica deixa a prótese mais protegida, ou sob a glândula mamária.

Curiosidades sobre implantes de silicone: A cirurgia

O procedimento começa pelo pré operatório, onde o médico responsável solicita uma série de exames, como eletrocardiograma, exame de sangue e, em alguns casos, mamografia e ultrassonografia de mama. Em seguida, o contato com o anestesista para determinar o melhor tipo de anestesia a utilizar, podendo variar entre local, sedação, ou peridural, aplicada nas costas. Na data marcada a duração da cirurgia é cerca de uma hora e o paciente precisa de um tempo de hospitalização que dura por volta de 8 horas.

O pós operatório precisa ser levado a sério, o médico receita alguns antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos, pois é possível que o paciente sinta dor nos três primeiros dias e os pontos são retirados de sete a dez dias após a cirurgia. Outro cuidado importante é o uso do sutiã pós-operatório no período de três meses. No terceiro dia após a cirurgia já é possível retomar as atividades, mas deve-se evitar a prática de qualquer esporte e até mesmo relações sexuais por, no mínimo, 15 dias e só voltar à academia e a dirigir após um mês, sol apenas 3 meses após o procedimento.


Algumas Curiosidades sobre Implantes de Silicone nas Mamas

Confira outras matérias em nosso site sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!
Quem Vê – O seu portal sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!

Deixe o seu Comentário