Lipocavitação

Você já conhece a Lipocavitação?

Lipocavitação é o procedimento popularmente conhecido como “lipo sem cirurgia” e pode retirar até 80% da gordura localizada

Você já deve ter ouvido falar sobre procedimentos não invasivos alternativos à lipoaspiração; a lipocavitação é um deles. Esse procedimento, cada vez mais procurado em centros estéticos e aderido como um importante tratamento de beleza, ainda é uma grande interrogação para algumas pessoas. Dentre as principais dúvidas, estão: quantas sessões são necessárias para ver o resultado? E quais são as contraindicações? A esteticista e co-proprietária da clínica estética Espaço Lótus, na Barra da Tijuca, Nathalie Moreno, explica sobre o procedimento e tira as dúvidas.

A lipocavitação é um procedimento estético que elimina a gordura localizada na barriga, coxas e costas. Por meio de um aparelho de ultrassom, ajuda a destruir a gordura acumulada. O procedimento não causa dor, porém em alguns casos pode levar a um desconforto no local da aplicação. Segundo a esteticista, esse procedimento, além de ajudar a perder o volume, dando um corpo mais modelado e definido, também ajuda no aspecto da pele e diminui a celulite. O método pode retirar até 80% da gordura localizada. Claro, que todos os resultados vão surgindo com o avanço das sessões.

Mas, como a lipocavitação funciona?

A esteticista explica que esse procedimento funciona com a aplicação de ondas ultrassônicas nas células de gordura, que dessa maneira são quebradas e entram na corrente sanguínea. É isso que o difere dos outros métodos, como a lipoaspiração. “Na lipoaspiração é introduzido uma solução que faz com que as células se rompam para depois serem retiradas de forma cirúrgica. Na lipocavitação não tem técnica invasiva, as células de gordura são quebradas pelo ultrassom e removidas pelo organismo para a corrente sanguínea”, explica Nathalie.

Ela ainda ressalta que após cada sessão de lipocavitação se recomenda fazer uma sessão de drenagem e exercícios. Dessa forma, a gordura extra que foi implodida no procedimento será totalmente eliminada do organismo. “Esses exercícios impedem problemas futuros como colesterol ruim nos dias seguintes ao procedimento e gordura indevida acumulada”, explica ela.

A principal vantagem da lipocavitação é poder escolher as áreas do corpo que se quer trabalhar. Porém a esteticista alerta que esse método não substitui a lipoaspiração. “Na lipocavitação ocorre a diminuição real de medidas, mas não retira a mesma quantidade de gordura de uma lipo”, explica Nathalie. A lipocavitação, por não ser uma cirurgia plástica, não tem pré e pós-operatório, não tem dor, nem recuperação. E estima-se um resultado satisfatório de seis a oito sessões, perdendo cinco centímetros de circunferência.

“Esse procedimento é desaconselhável durante a gestação, ou em tratamento de fertilização. Também é contraindicado a pessoas com problemas cardíacos, de pele ou colesterol elevado”, conclui a esteticista.


Serviço: Espaço Lótus – Você já conhece a Lipocavitação?

Clínica Estética

Nathalie Moreno e Shane Tsuji

espacolotus.com.br

@espacolotus.o2

(21) 3328-3225

Av. Paisagista José Silva Neto, 200, bloco 5, sala 426 / O2 Corporate & Offices – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.


Você já conhece a Lipocavitação?

Confira outras matérias em nosso site sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!
Quem Vê – O seu portal sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!

Deixe o seu Comentário