harmonização facial

Quanto tempo dura a harmonização facial?

Os milagres da medicina estética vêm fazendo com que seus procedimentos se popularizem cada vez mais, gerando o aumento pela procura de intervenções como a harmonização facial. Hoje, cada vez mais tratamentos conseguem reverter traços considerados ingratos na aparência e na pele, bem como retardar o envelhecimento e garantir uma apresentação mais desejável e atraente.

A harmonização facial é um dos procedimentos estéticos da que mais sucesso tem feito entre famosos e anônimos. Seja pela vontade de corrigir imperfeições ou de se combater a ação do tempo, muitas pessoas têm investido no preenchimento no rosto.

Considerado muito pouco invasiva, a harmonização da face costuma trazer excelentes resultados estéticos, fazendo com que não seja necessária uma intervenção cirúrgica para se alcançar resultados desejados, além de turbinar a autoestima e satisfação pessoal.

Entendendo melhor como funciona a harmonização facial

A harmonização facial é um tratamento estético injetável que pode ser aplicado em diferentes regiões do rosto. A saber:

  • Região dos olhos, com o objetivo de minimizar olheiras;
  • Região do maxilar, com o objetivo de destacá-lo;
  • Região do pescoço, com o objetivo de reduzir a papada;
  • Região dos lábios, com o objetivo de acabar com o temido “bigode chinês”;
  • Região da testa, com o objetivo de atenuar as rugas da região;
  • Região do queixo, com o objetivo de dar volume ali.

Depois de uma consulta inicial, o médico deverá orientar a harmonização facial adequada para a resolução da queixa apresentada pelo paciente. Para o preenchimento facial, por exemplo, é aplicado um ácido hialurônico na camada subcutânea, como forma de hidratar e devolver o volume à pele. O preenchimento acaba amenizando o aspecto do indesejável “bigode chinês”.

O botox, outra forma de correção de imperfeições estéticas, paralisa a região do músculo com a finalidade de reduzir as linhas de expressão, suavizando as rugas. Já a bioestimulação de colágeno pode ser aplicada, tanto no rosto quanto no pescoço, para combater a flacidez da cútis.

Também existe a rinomodelação, que visa remodelar o nariz através do uso de substâncias como o ácido hialurônico. O lifting é uma opção que corrige a flacidez através de incisões que remodelam o tecido, reposicionando os músculos de uma região específica do rosto (como mandíbula, pálpebras, testa, nariz etc.)R.

E a bichectomia retira uma pequena quantidade de gordura das bochechas, com aplicação de anestesia local.

Os resultados duram por quanto tempo?

É necessário salientar que harmonização facial promove resultados temporários, uma vez que são injetados insumos com o objetivo de valorizar traços do rosto, tornando-os mais simétricos. Para pacientes que almejem resultados mais radicais, a indicação deve ser por intervenções cirúrgicas mais específicas e definitivas.

De tal modo, é importante que o paciente saiba que a harmonização facial tem duração média de seis meses quando o insumo utilizado é a toxina botulínica. Já quando os preenchimentos necessitam a aplicação de ácido hialurônico e bioestimuladores de colágeno, os resultados perduram por tempo variante de um ano a um ano e seis meses.

Tratamentos estéticos como esses são recomendados para qualquer pessoa com a saúde em dia, portanto, ouça sempre a opinião do médico de sua confiança e faça os exames necessários antes de iniciar uma harmonização para que o resultado seja o mais satisfatório possível.


Confira outras matérias em nosso site sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!
Quem Vê – O seu portal sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!

Deixe o seu comentário