progressiva

Qual é a melhor escova progressiva para os cabelos?

A escova progressiva é um método de alisamento muito procurado nos salões de beleza, que reduz o volume dos cabelos e o frizz, além de hidratar muito os fios. Como o seu próprio nome diz, esse procedimento possui resultados progressivos, ou seja, os resultados são obtidos com o passar do tempo por meio das aplicações. Porém, antes de realizar o procedimento é interessante saber qual é a melhor escova progressiva disponível no mercado e seus benefícios.

É importante entender que há uma escova progressiva ideal para cada tipo de cabelo. Conhecer esses detalhes, inclusive, auxilia os profissionais da beleza na hora de indicar o melhor tratamento para seus clientes, evitando problemas e reclamações posteriormente. No post de hoje vamos abordar sobre os principais tipos de progressivas utilizados nos salões de beleza.

Tipos de escovas progressivas

Confira agora uma variedade de escovas progressivas e quais são as suas indicações.

  • Escova Inteligente

A escova inteligente possui proteínas, queratina, óxido acetamide e minerais, além de uma concentração de 0,2% de formol, o limite permitido pela Anvisa. Essa técnica diminui o frizz e recupera as pontas duplas, sendo indicada para quem procura um liso mais natural.

O uso da queratina traz revitalização para os cabelos danificados, mas a escova inteligente não é indicada para cabelos muito volumosos ou crespos, pois o resultado não é tão eficiente na redução de volume e alisamento.

  • Escova de chocolate

A escova de chocolate pode ser com ou sem formol e o seu tempo de duração varia para cada tipo de cabelo. Os seus benefícios são a redução de volume e o aumento do brilho e da maciez dos cabelos.

Geralmente, essa escova é composta de proteína da seda, queratina, cafeína, ácidos graxos e extrato de cacau, proporcionando uma intensa hidratação e nutrição dos fios. É indicada para quem deseja redução do frizz e cabelos mais hidratados. Em contrapartida, não é indicada para quem possui cabelos oleosos, pois possivelmente aumenta a produção de óleo capilar.

  • Escova marroquina

Normalmente, a escova marroquina utiliza óleo de cacau do Marrocos, argila branca e 0,2% de formol, sendo uma das mais procuradas no mercado da beleza. Diferentemente da maioria, esse tipo de escova dura em média até cinco meses, uma maior durabilidade se comparada às outras. Por conta da ação da argila e do óleo é uma opção que hidrata muito os fios. A escova marroquina é indicada para quem possui os fios ressecados, quebradiços e volumosos. No entanto, é preciso ter atenção e cuidado ao realizar o procedimento em cabelos sensíveis.

  • Escova Americana

A escova americana tem como principal componente a guanidina e pode durar até seis meses. Esse tipo de escova é recomendada para quem possui cabelos muito volumosos ou cacheados e oferece um resultado mais natural, os fios ficam mais soltos sem o aspecto de alisamento químico.

Em contrapartida, esse tipo de escova progressiva não pode ser realizada por quem já utilizou qualquer outro procedimento à base de tioglicolatos, amônia, henê e hidróxido de sódio.

  • Escova de morango

A escova de morango é rica em vitamina C, tendo proteínas, ácido de morango, etanolamina e queratina, sendo recomendada para quem possui cabelos volumosos, quebradiços e ressecados.

Mesmo sem a adição de formol, esse tipo de escova garante um bom resultado devido à presença da etanolamina. Seus outros nutrientes e vitaminas garantem fortalecimento aos fios, maior brilho e maciez. Esse tipo de tratamento não possui contraindicações, porém é mais eficaz em cabelos ondulados. Depois do procedimento, os cabelos não deverão ser presos para evitar marcações e precisam ficar sem lavagem por três dias.

  • Escova Indiana

A escova indiana tem mais uma ação hidratante do que de alisamento. é composta de extrato de sândalo, amêndoas doces, PCA sódico e cravo da índia.

Esse tipo de escova é recomendada para quem já possui cabelos lisos ou quimicamente tratados. O efeito da escova indiana é mais natural, os fios ficam mais macios, sem volume e com muito mais brilho. Pelo fato de não conter produtos químicos na sua fórmula, a duração é bem menor que as outras, cerca de um mês apenas. Uma vantagem é que ela pode ser realizada em lactantes e gestantes.

  • Escova Definitiva

A escova definitiva é uma opção para quem busca um alisamento mais duradouro. Esse tipo de escova altera a estrutura do fio, já que age na quebra das pontes de enxofre dos fios, fazendo com que fiquem mais lisos. Geralmente, a sua formulação é composta de guanidina, tioglicolato de amônia, sódio e hidróxido.

Seu processo de aplicação é mais demorado, variando de 3 a 5 horas. Esse tipo de escova é indicado para cabelos com volume excessivo e cacheados. Porém, não é recomendado para as pessoas que realizam outras químicas como descolorações, pois o procedimento pode enfraquecer e danificar os fios.


Confira outras matérias em nosso site sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!
Quem Vê – O seu portal sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!

Deixe o seu comentário