endometriose

Esclareça suas dúvidas sobre endometriose

A endometriose é uma condição que acomete uma em cada 10 mulheres, estimando-se que sejam 7 milhões de pacientes com a patologia apenas no Brasil.

Apesar dessa recorrência, existem diversas dúvidas relacionadas com a endometriose, desde os sintomas até as formas de tratamento e relação dela com a gestação. Informar-se sobre essa patologia é uma das melhores formas de identificá-la e buscar auxílio médico especializado. Saiba mais a seguir!

O que é endometriose?

Entre os principais questionamentos das pacientes é sobre o que é a endometriose. Trata-se de uma doença inflamatória crônica na qual o tecido endometrial é encontrado fora da cavidade uterina.

Ele pode se aderir em outros órgãos da pelve, com ovários, tubas uterinas, peritônio, bexiga e até mesmo intestino.

A endometriose apresenta sintomas?

Uma dúvida comum sobre a endometriose refere-se aos sintomas dessa patologia. Inicialmente é preciso saber que muitos casos são assintomáticos, o que retarda o diagnóstico e início do tratamento. Além disso, os sintomas são frequentemente confundidos com outras condições. Eles incluem:

  • cólicas menstruais intensas;
  • dores em decorrência das relações sexuais;
  • dores abdominais e na lombar fora do período menstrual;
  • dor ou dificuldade para evacuar ou urinar durante a menstruação;
  • sangramento anormal;
  • período menstrual irregular;
  • dificuldade para engravidar.

Como alguns sintomas são confundidos com outras patologias ou mesmo considerados normais pelas mulheres o diagnóstico correto da endometriose pode demorar anos.

O que causa a endometriose?

As causas da endometriose ainda estão sendo investigadas e não há um consenso na comunidade médica, ainda assim, alguns fatores são frequentemente associados à condição como menstruação retrógrada e alterações imunológicas que impedem que o sistema de defesa do corpo identifique e elimine o tecido endometrial que se localiza fora da cavidade uterina.

Como a endometriose é diagnosticada?

Como visto o diagnóstico da endometriose pode levar anos em casos nos quais os sintomas são confundidos com outras patologias ou se a paciente é assintomática.

A melhor forma de diagnosticar a endometriose é fazendo as consultas periódicas com o ginecologista e informando todas as ocorrências de saúde, ainda que pareçam comuns, como cólicas intensas e menstruação irregular.

Além da anamnese, alguns exames são fundamentais para identificar alterações pélvicas, como:

  • Papanicolau;
  • ultrassom transvaginal;
  • videolaparoscopia

Durante a videolaparoscopia pode ser realizada a biópsia do tecido identificado fora da cavidade uterina, sendo essa conduta a que assegura um diagnóstico mais confiável da endometriose.

Qual a relação entre endometriose e infertilidade?

Muitas pacientes só descobrem a endometriose quando tentam engravidar e não conseguem. De fato, 40% das pacientes diagnosticadas com a condição apresentam infertilidade, sendo esse o principal motivo para dificuldade para engravidar entre as mulheres.

Atualmente, existem diversos tratamentos de reprodução humana que auxiliam pacientes com infertilidade em decorrência da endometriose, além de ser possível fazer o tratamento da doença antes de seguir com as tentativas de engravidar.

Qual o tratamento para endometriose?

As opções de tratamento para endometriose dependem dos objetivos da paciente. Por exemplo, a via medicamentosa apresenta êxito por bloquear a ovulação, no entanto, essa conduta não é satisfatória para pacientes que desejam engravidar.

Também é possível optar pela cirurgia de laparoscopia pela qual as lesões do endométrio são removidas promovendo melhora na anatomia e função pélvica o que pode aumentar a fertilidade feminina.

Portanto, o diagnóstico e tratamento para endometriose devem ser conversados com um ginecologista que auxiliará a mulher no enfretamento dessa patologia crônica que pode comprometer sua qualidade e objetivos de vida.


Confira outras matérias em nosso site sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!
Quem Vê – O seu portal sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!

Deixe o seu comentário