A arte da flor

A arte da flor em exposição abre a primavera em Copacabana

12/09/2018
34 Views

Em 23 de setembro é o Dia Nacional da Ikebana, mesma data que comemoramos a chegada da Primavera. E com ela, a Academia Kado Sanguetsu, da Fundação Mokiti Okada, criada no Japão, em 1972, estará promovendo do dia 21 a 23 de setembro a exposição “Bambu” de Ikebanas, nos espaços da igreja Messiânica de Copacabana, com arranjos florais que tem como objetivo elevar o sentimento humano e gerar harmonia entre o homem e a natureza.

No dia 21 de setembro, o público que visitar a exposição também vai se deparar com oficinas de como montar sua própria Ikebana. O nome da experiência “Vivência da flor”, garante que os participantes aprendam as técnicas básicas para organizar e harmonizar um arranjo, em três horários distintos. Já no dia 22 de setembro, terá uma apresentação especial do grupo chamado “Rio Nikkey Taiko” às 15hrs, para abrir as festividades e seguindo a programação com uma palestra sobre o tema.

Rio Nikkey Taiko

As Ikebanas são verdadeiras manifestações artísticas, sendo comparada a uma escultura e até a uma obra de arte. Na sua montagem são utilizados galhos, folhas de várias plantas que fazem um tipo de moldura para as flores. Nessa exposição o elemento principal será o Bambu, considerado uma das plantas mais resistentes, e também por ser símbolo da força, união e flexibilidade.

A escolha do tema para a exposição: O bambu simboliza inúmeras possibilidades de reflexão quando apreciado. É símbolo da multiplicação e da generosidade. Um exemplo serão os Kadomats – arranjo composto de flores e bambus: “É utilizado pelos japoneses em suas casas em comemoração ao Ano Novo, com objetivo de afastar os maus espíritos”, completou a professora de Ikebana, Maria Ernestina.

Considerada uma das muitas expressões artísticas desenvolvidas ao longo dos séculos pelos japoneses, sob influência do Zen-budismo, os arranjos florais eram oferecidos a Buda na India, mas foi na cultura japonesa que adquiriu popularidade. Um dos objetivos da exposição é propiciar através das flores, sentimentos nobres de harmonia, paz e alegria.

Ikebana é uma palavra de origem japonesa, utilizada para nomear a arte de arranjos florais. Deriva de “Ike” – o qual provém dos verbos “Ikeru” (colocar, dispor ou arrumar flores), “Ikiru” (viver, tornar vivo ou chegar à verdadeira essência de algo), e “Ikassu” (iluminar da melhor forma possível, ajudar a indicar a verdadeira essência, tornar a vida mais pura, mais clara) – e “Hana” / “bana” – tem o significado literal de flor, mas, por extensão, é entendida como planta ou parte de uma planta.

Exposição Bambu (gratuita)

Igreja Messiânica de Copacabana

Rua Barata Ribeiro, 272

Datas: 21 a 23 de setembro

Dia 21 – 9h às 21h

Dia 22 – 9h às 18h

Apresentação de Taiko às 13h (gratuito)

Palestra (gratuito)

Dia 23 – 9h às 14h

Vivência da Flor – Oficinas – Dia 21 – 15h, 17h e 19h – R$35,00 reais.

Informações: 22353596 ou Sylvia 986358144


A arte da flor em exposição abre a primavera em Copacabana

Confira outras matérias em nosso site sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!
Quem Vê – O seu portal sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!

Deixe o seu comentário