Saúde das pernas

10 hábitos que te ajudarão a manter a saúde das pernas

Entenda a causa de dores nas pernas e saiba como mudar isso

Se você trabalha em pé ou sentado, com certeza já sentiu dores nas pernas no final do dia.

As dores nos joelhos podem ser causadas em diversos momentos da vida, mesmo que você não trabalhe em pé. Esses incômodos podem aparecer até mesmo em crianças e adolescentes, no momento em que os ossos estão em crescimento.

Nessa faixa etária, as causas podem ir de traumas e doenças relacionadas ao osso, como a osteocondrite dissecante.

Já nos idosos, a artrose no joelho é a causa mais comum de fornecer dores nos joelhos. Ela começa de forma sutil e com o passar do tempo, ela tende a piorar.

Mas as dores nos joelhos e pernas não são exclusividade apenas para crianças e idosos. Adultos com uma rotina agitada também podem sofrer desse incômodo.

Quem trabalha sentado, pode ser a falta de movimento ou até mesmo a postura. Como nosso corpo foi feito para se movimentar, a falta do mesmo pode causar um formigamento e cansaço, mesmo que tenha ficado sentado o dia todo.

Se o inchaço ou a dor não forem decorrência de um trauma, elas podem ser causadas pela exasperação no quadro de artrose. É comum que o paciente tenha um histórico que mostre a doença, mesmo que os sintomas não estivessem se manifestado de forma mais grave antes.

O ideal é que em qualquer um destes casos citados acima, a procura ao ortopedista seja marcada o mais rápido possível para a realização de exames. Normalmente os exames são a radiografia, ressonância magnética e exame de sangue caso apresentado inflamação ou doença infecciosa.

Os tratamentos podem variar. Muitas vezes, analgésicos simples ou anti-inflamatórios são receitados. Porém, alguns tratamentos simples como usar gelo ou uma terapia por meio do calor podem ser bem vindas para livrar-se das dores.

Dores no joelho também podem ser bem comuns, já que é a maior articulação do corpo humano e se submete sempre a grandes esforços. Nesse caso, as dores podem ser crônicas ou agudas.

Mas como é possível manter a saúde das pernas uma vez que não existe como deixar de trabalhar? Vamos listar agora para você 10 hábitos que vão acabar com as dores e trazer mais saúde para as suas pernas!

  1. Alimentação

    Você já deve ter ouvido falar tantas vezes sobre a importância da boa alimentação que pode ser um fator repetitivo demais. Porém, o que mais tem de repetitivo, pode muito bem te auxiliar.Os alimentos ricos em fibras e proteínas podem potencializar a sua circulação sanguínea e ajudam na manutenção da massa muscular.

  2. Alongamento

    O alongamento antes de fazer exercícios físicos é como um pré treino. Ele aquece o corpo, aumenta a flexibilidade dos músculos e diminui as tensões do corpo.Também ajuda na circulação do sangue e previne as lesões que podem ser causadas pelo esforço do exercício físico, se o seu corpo estiver com muita tensão antes do treino.

    Não se esqueça de alongar os quadríceps e os tendões das pernas também.

  3. Exercícios físicos

    Não é necessário ir para academia para conseguir treinar. Hoje em dia existem diversos aplicativos para celular que irão te auxiliar a manter uma rotina de treinos.Os médicos recomendam no mínimo 30 minutos por dia de exercícios para ajudar a manter a saúde e manutenção das pernas. As atividades físicas estimulam a musculatura, o que reduz retenção de líquido.

    Se você não tem tanto tempo para ir à academia ou não gosta de exercícios, aposte em caminhadas ou corridas ao ar livre, isso também ajudará bastante a saúde das pernas.

  4. Massagens

    As massagens podem se tornar sua maior aliada na hora de cuidar das pernas. Pode ser linfática, modeladora ou redutora. As massagens auxiliam na circulação sanguínea, ajudam a relaxar a musculatura e também na aparência das pernas.Para as mulheres, essas massagens ajudam em dias muito quentes ou em períodos pré-menstruais, evitando inchaços que podem ser causados.

    Você pode optar por massagens profissionais ou fazê-las você mesmo no banho, utilizando óleos massageadores. Os movimentos devem ser constantes e com intensidade para a mesma direção.

  5. Use sapatos confortáveis

    Procure usar sapatos que sejam confortáveis para passar o dia ou fazer exercícios. No final do dia, isso valerá muito a pena.Sapatos não confortáveis podem causar dores nas pernas e nas costas por conta da má postura que oferecem ao corpo.

    Para as atividades físicas, aposte em tênis que sejam específicos para isso, eles darão mais equilíbrio, conforto e menos tensão nas pernas.

    No dia a dia, procure utilizar sapatos baixos, firmes e que não apertem muito.

  6. Abandone hábitos não saudáveis

    Excesso de bebida, tabaco ou substâncias ilícitas podem afetar a circulação do sangue no corpo. Isso desencadeia diversos problemas não somente para as pernas – já que influenciam diretamente no desenvolvimento de doenças arteriais. As dores nas pernas também podem evitar que tenha um bom descanso a noite, uma vez que as dores irão incomodar e se agravar com o passar do tempo se não tiver uma mudança de hábitos.

    Se as dores permanecerem mesmo com uma mudança de hábitos, o recomendado é procurar um bom médico especialista em joelho ou pernas, de acordo com suas necessidades. Sua saúde merece estar em primeiro lugar.

  7. Descanse

    Após um dia cheio, é extremamente importante descansar e ter umas boas horas de sono para recuperar as energias.Quando a noite de sono é atrapalhada, as energias não são devidamente carregadas o que pode gerar fadiga, cansaço e claro, as dores nas pernas e nas costas.

    O sono restabelece o equilíbrio térmico, hormonal e muscular, pois é durante as horas de descanso noturno que as manutenções do corpo serão feitas naturalmente.

  8. Use as escadas

    Caso você não tenha tempo para praticar exercícios físicos, utilize o que tiver ao seu favor para movimentar as pernas.Evite o elevador! As escadas são ótimas opções também para movimentar as pernas e dar mais força muscular.

  9. Deixe as pernas elevadas

    Quando se deitar, aproveite uns minutos para deixar as pernas para o alto. Essa atitude pode ajudar a aliviar a pressão que as pernas acumularam durante o dia, ajudam na circulação sanguínea e reduz a retenção de líquido nas pernas e nos pés.Além disso, também pode proporcionar um momento muito relaxante e previne o surgimento das varizes.

  10. Hidrate-se

    Além da boa alimentação, não se esqueça de se manter hidratado. O recomendável é beber dois litros de água por dia. A hidratação pode ajudar a evitar dores e inchaço nas pernas.A água ajuda a prevenir retenção de líquidos no corpo inteiro, mas não exagere também. O ideal é tomar 200ml por hora para manter-se hidratado o dia todo.


Confira outras matérias em nosso site sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!
Quem Vê – O seu portal sobre Saúde, Moda, Estética e Beleza!

Deixe o seu comentário